top of page
Buscar

MIGREI PRA NUVEM: agora estou seguro (#sóquenão)



É inegável o aumento da migração de dados para a nuvem. Este processo em ascensão veio para facilitar o armazenamento de dados das organizações, mas também traz um importante questionamento: de quem é a responsabilidade pela segurança da nuvem?🧐


Quando você migra seus dados para a nuvem, a responsabilidade sobre a segurança é compartilhada – cliente + provedor. Itens como energia, link de internet e ar-condicionado são de responsabilidade do provedor, mas a segurança dos dados e das aplicações são totalmente responsabilidade do cliente. A simples presença na nuvem não garante a segurança dos dados. Dito isso, torna-se crucial implementar mecanismos de proteção robustos contra cibercrimes, estabelecendo uma blindagem eficaz para mitigar os riscos de ataques cibernéticos. 🔒


A segurança na nuvem vai além das medidas convencionais, como Firewall por exemplo, mas exige abordagens mais abrangentes e flexíveis, como o Security Service Edge (SSE), que permite a proteção dos dados e aplicativos na borda da rede, e a Arquitetura de Rede Zero-Trust (ZTNA), que verifica constantemente a identidade e autorização dos usuários e dispositivos.


Para garantir a segurança da nuvem, aqui na Maxprotection oferecemos serviços de Firewall, SSE e ZTNA, mas é essencial validar este novo ambiente com um teste de intrusão. Nosso Pentest trará um relatório de possíveis vulnerabilidades, para que sua nuvem esteja realmente blindada.


A extensão da proteção para a nuvem é essencial para garantir a integridade, confidencialidade e disponibilidade dos dados. Conte conosco para deixar sua nuvem mais segura. 🤝




2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page