top of page
Buscar

CONTRATAR UM WAF RESOLVE 100% DAS VULNERABILIDADES DA APLICAÇÃO: #SÓQUENÃO


O WAF (Web Application Firewall) é uma ferramenta importante para proteger as aplicações web contra uma variedade de ataques, como injeção de SQL, cross-site scripting (XSS), ataques de negação de serviço (DDoS), entre outros. No entanto, a afirmação de que ele resolve 100% das vulnerabilidades da aplicação está completamente equivocada. Conheça algumas razões:


✔️Limitações de cobertura: Um WAF pode proteger contra muitas ameaças comuns, mas não pode proteger contra todas as vulnerabilidades. Por exemplo, um WAF pode não ser capaz de proteger contra vulnerabilidades específicas do aplicativo que não sejam diretamente relacionadas à camada web, como vulnerabilidades de configuração incorreta do servidor, vulnerabilidades no código do aplicativo, ou vulnerabilidades na camada de banco de dados.

✔️Atualizações de assinaturas: Um WAF depende de atualizações regulares de assinaturas para reconhecer e bloquear novos tipos de ataques. Se uma nova vulnerabilidade for descoberta e um ataque explorá-la antes que uma assinatura seja criada e distribuída, o WAF pode não ser capaz de detectar ou bloquear o ataque.

✔️Configuração inadequada: Um WAF deve ser configurado corretamente para proteger efetivamente uma aplicação. Uma configuração inadequada do WAF pode deixar brechas na segurança que os atacantes podem explorar.

✔️Falsos positivos e negativos: Um WAF pode gerar falsos positivos (bloqueando tráfego legítimo) ou falsos negativos (permitindo tráfego malicioso). Isso ocorre porque os padrões usados para identificar ataques podem ser imprecisos ou porque os atacantes podem encontrar maneiras de contornar as regras do WAF.


Embora um WAF seja uma parte importante de uma estratégia de segurança de aplicativos web, ele não é uma solução completa por si só e deve ser combinado com outras medidas de segurança, como testes de intrusão regulares, atualizações de software e políticas de segurança adequadas. Consulte nossas soluções.


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page